sábado, 30 de abril de 2016

A ESTRELA MAIS BELA



Ei-la que já chega até de mim…    
Alguém, p’ra mim, a estrela mais bela!
Por ela acendi eu, escolhida vela,
Temendo não mais vê-la, ser meu fim.

Chegou! Abracei-a com mor loucura!
Envolvi-a em meus braços com amor.
Tinha comigo meu qu’rido Amor,
Esta bênção maior que em mim perdura.

Sim, essa mulher- meu único Amor,
A quem cantarei sempre, com fervor,
Até que a morte me leve deste mundo!

Ela é, sim, a mulher da minha vida!
Aquela a quem amo mais nesta lida,
A dona do meu ser cada segundo.

Quinta da Piedade, 29 de abril de 2016
JGRBranquinho   -  “Zé do Monte”


Sem comentários:

Enviar um comentário