terça-feira, 18 de abril de 2017

O MEU SONHO/POETA


O meu sonho/poeta... anseio/ambição,
Milagre por que espero cada momento!
Sentindo mais célere o coração
Por tal sonho na vida, meu intento.

Sonhar, meu Deus, é dura provação
Onde, dia a dia, se ouve meu lamento!
Outra ambição, nesta inquietação,
Não tenho!É constante sofrimento.

Onde está esse bem de encantar?!
Por que a não tenho em meu lugar?!
O que fiz de errado p'ra não a ter?!

Estranho sentimento de incerteza
Traz consigo arreigada tristeza:
- A dor de quem amo, aqui não ver.


JGRBranquinho   -   "Little White"

segunda-feira, 17 de abril de 2017

JANELAS BEM ABERTAS

Resultado de imagem para janelas lindas

São meus olhos janelas bem abertas
Desta alma tão sequiosa de te amar!
São naus que neste mar de descobertas
Em teu porto anseiam ancorar.

Avisto além, paragens não desertas
Dif''rentes das que tenho em meu lugar!
Perspetivas de imagens bem despertas
Que os meus sentidos vêm excitar.

Olho-as ao longe, com emoção,
Esp'rando retê-las no coração
E viver contigo, o sol da vida.

Um sonho meu, constant\e, sem ter fim,
É possuir-te, Amor, ter-te em mim...
Aurora, para mim, a mais querida.


JGRBranquinho   -   "Little White"



DÁDIVA MAIOR



Resultado de imagem para imagens de sorrisos lindos

Deu-me a vida este bem que não sonhara
Intensa luz a que meu ser deu guarida.
Alma pura que foi qual jóia rara,
Doce afago, minha musa mais querida.

Teu sorriso... tesouro que ambicionara,
Sol de amor a inundar a minha vida!
Mais bonita rosa, p'ra mim a mais rara
Bênção maior, de todas a mais querida!

Uma graça recebida é ter-te, amada,
Sentindo-te por meus braços enlaçada,
Aconchegada num tempo sem medida!

Nossos rostos, em contacto, estremecem!
Os corações, batendo mais, se enternecem!
Somos dois, num só sentir, mulher querida.

JGRBranquinho   -   "Little White"

JÓIAS RARAS




Jóias raras, por vezes, tu me ofereces
(E eu adoraria ter em cada dia)
Que, grato eu retribuo, pois mereces
Como eu em maior número gostaria.

Jóias raras que, inspirada, me escreves
São delícias p'ra meu pobre coração!
Que sonho receber, ainda que breves...
Teus poemas de ternura e sedução.

Jóias raras, tesouro bem guardado
No íntimo do poeta apaixonado
Que enriquecem e ajudam a viver...

São teus escritos de amor, jóias valiosas!
São melhores que pedrinhas preciosas
Que guardarei comigo até morrer.

JGRBranquinho  -  "Little White"



domingo, 16 de abril de 2017

MEU SONHO GRANDE

MEU SONHO GRANDE

Meu sonho grande, duradoiro, mais intenso,
Quase infinito na noite de invernia!
Risonha aurora, talvez mesmo fantasia
Emergindo deste lago fundo, imenso.

Vi surgir uma bela flor; desabrochou!
Quanta magia ali, então, se desprendeu!
A alma do poeta, então, enlouqueceu
Envolta nessa visão que a inspirou.

Determinado, mui firme, indestrutível,
O querer, em si próprio, indescritível,
É um  anseio que ninguém subverterá!

Gerado sem lei no deserto duma vida,
Impetuoso, resiste na dor sofrida,
Sentindo que esse bem maior alcançará.


JGRBranquinho  - “Little White”

ÉS SAUDADE



Resultado de imagem para imagens antigas do alentejo
És saudade, minha terra
Aqui tão longe de ti
Toda a beleza se encerra
No amor que em ti senti.

Canto-te hoje com saudade
Em meus versos mais sentidos
Tu és a minha verdade
Meu lugar em tempos idos.

Ó meu Monte, meu amado
Onde nasci por meu fado
Meu amor no Alentejo.

Hei-de um dia a ti voltar
P'ra de novo me alegrar
Ser feliz é meu desejo.

Quinta da Piedade, 16 de abril de 2017
JGRBranquinho   -   "Zé do Monte"

sábado, 15 de abril de 2017

SE FOSTE E ÉS


Resultado de imagem para Louvor ao seu amor amado


Se foste e és razão do meu viver
Se te quis e quero como à luz dos olhos!
Se é por ti que meu ser vive a sofrer
Se foste e és a paz nos meus escolhos.


Se a vida julgo pouca p'ra te dar,
Se o meu mundo és tu e nada mais!
Se só um olhar teu vem me alegrar, (me pode alegrar)
Se só um sorriso teu, quebra meus mais.


Se todo o meu anseio é encontrar-te,
Se o meu coração só deseja amar-te,
Se foi por ti que muito já sofri.


Se foi a ti que há muito me consagrei,
Se à tua imagem, hinos entoei...
Se vivo, sim, senhora, é só por ti.

JGRBranquinho   -   "Little White"