segunda-feira, 28 de maio de 2012

A CRIANÇA

Duas versões dum mesmo sentir.Continuarei a trabalhar nelas. Ainda não as cosidero defnitivas, nem sei por qual optar! Bem, se é que opto...

Eu gostaria de poder e saber cantar a criança, 
Gostaria de saber cantar melhor a criança
Esse ser tão maravilhoso que por Deus é dado!
Esse ser tão maravilhoso, por Deus doado.
Ele é o futuro que desejaria fosse abençoado! 
Ele é o futuro que se queria abençoado.
Ele é, para todo o sempre, a radiosa esperança.         
Para todo o sempre, a radiosa esperança.


Cuidemos  deste ser com responsabilidade!                 
Cuidemos dele com toda a responsabilidade!
Assim prepararemos melhor o próximo futuro.            
Assim prepararemos um futuro bem melhor.
Olhemos, com maior atenção, esse ser tão puro           
Olhemo-lo pois, com desvelo, desvelo maior,
Asseguraremos um outro mundo de felicidade.            
Assegurando um novo mundo de felicidade.

As Instituições- a Família- têm que o fazer!                 
As Instituíções- a Família- têm que o fazer.
Tudo quanto se fizer, em união terá que ser 
Tudo o que se fizer, em união terá que ser
 A bem do nosso futuro comum, no mundo.                  
A bem dum futuro comum em nosso mundo.

Que todos compreendam esse dever sagrado!              
Que todos compreendam tal dever sagrado!
É uma obrigação que não precisa de tratado                
É uma obrigação que não precisa de tratado.
Acordai! Cantai um sentimento tão profundo.              
Acordai! Cantai um sentimento tão profundo.             

Quinta da Piedade, 25 de Maio de 2012
JGRBranquinho

Nota:- Investir na formação da criança- educação e instrução- é a melhor decisão a bem do futuro de um povo.
            É esta a minha opinião, que, tenho a certeza, todos apoiam.
O meu abraço.
JB

Sem comentários:

Enviar um comentário