segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

ENCARNAÇÃO E RESSURREIÇÃO




ENCARNAÇÃO E RESSURREIÇÃO

Designa-se por encarnação, o ato ou efeito de encarnar.
Na Teologia Cristã, encarnação é um Mistério segundo o qual o VERBO-Segunda Pessoa da Santíssima Trindade- “se fez carne” no seio de MARIA. Daí que JESUS CRISTO tenha 2 naturezas- a divina e a humana unidas numa só PESSOA, sendo, assim, DEUS e homem.
Para o ESPIRITISMO, encarnação é cada uma das existências do espírito quando unido à matéria, isto é, ao corpo; portanto, diferente do que sucedeu com o Filho de Deus.
RESSURREIÇÃO
Ressurreição dos mortos, ressurreição da carne, segundo a IGREJA, consiste na nova união da alma com o corpo de que fez parte.
Considera que o homem é imortal, não só quanto à alma, mas igualmente quanto ao corpo, que voltará à vida no fim do mundo, quando for o Juízo Final.
Esta crença judaica que existe desde o Século II antes de Cristo, passou a ser um dogma de Fé das igrejas cristãs.
A ressurreição de Jesus Cristo à vida, ao terceiro dia após a Sua morte, está bem testemunhada no Novo Testamento, sendo o início do cumprimento da prometida e esperada ressurreição dos mortos, em geral.
A morte de Jesus Cristo na Cruz e a Sua ressurreição são o núcleo central da mensagem cristã da Redenção, permitindo a salvação dos seres humanos, que habitarão eternamente a Nova Jerusalém.
Voltando à Encarnação, portanto, a IGREJA aceita-a apenas relativamente a Jesus Cristo (Fé Cristã) enquanto outros, entre eles, os Espíritas, que dizem que ela se dá de cada vez que um espírito encarna num corpo.
Quanto à Ressurreição já ficou dito atrás qual é a tese do mundo cristão, que tem como suporte a própria ressurreição de Cristo, de Lázaro e outros casos que a BÍBLIA -  O LIVRO DE DEUS, SAGRADA ESCRITURA, PALAVRA DE DEUS AOS HOMENS E LIVRO DOS LIVROS- (são 73 - Velho e Novo Testamento) nos relata.
 NOTA:
- (A palavra BÍBLIA é um plural grego e significa literalmente:- OS LIVROS.
Foi o primeiro livro a ser impresso com a técnica de GUTENBERG.Começou em fevereiro de 1455. e  demorou 5 anos a sua impressão. Tinha 641 páginas que foram forjadas em letras de chumbo e arranjadas manualmente em estilo de escrita gótica, cerca de 300 exemplares. Existem, atualmente, cerca de 60 Bíblias de GUTENBERG:- 12 em pergaminho e 48 em papel.)
Por mim, perante os conhecimentos que tenho, sou pelo que a Doutrina Cristã nos diz.
É esta, sim, também a minha fé.
 Não tenho conhecimentos suficientes para admitir o que o ESPIRITISMO defende, inclusivamente em reuniões a que algumas pessoas dizem ter assistido.
Cada qual terá a sua própria opinião e se algum tiver um melhor conhecimento sobre o que aqui deixo exposto, (e estiver na disposição de me esclarecer) desde já lhe agradeço.
Quinta da Piedade, 7 de fevereiro de 2016
JGRBranquinho


Sem comentários:

Enviar um comentário