segunda-feira, 23 de maio de 2016

CANTIGA DE AMOR



CANTIGA DE AMOR
Vou cantar-te, meu Amor
Com toda a minha paixão
Uma cantiga de amor
Nascida no coração.
Jamais te hei-de esquecer
Esteja eu onde estiver!
Por ti todo o meu querer
Minha querida mulher.
Que sempre Deus te proteja
Dona do meu coração!
Que nesta vida eu seja
O teu amor de eleição.
Vou cantar-te até morrer
No mundo, ó minha amada!
Viverás sempre em meu ser
Como a flor mais estimada.

Monte Carvalho, Maio de 1973
JGRBranquinho   - “Little White”




Sem comentários:

Enviar um comentário