sexta-feira, 20 de maio de 2016

SAUDADES TUAS




Saudades tuas… mágoas sentidas,
Angústias minhas na dura ausência!
Um sentir real de impaciência,
Nesta dor e tristeza mal contidas.

Ah! Amor, quanta dor reprimida!
Desalento meu por te não ter aqui.
Enquanto lembro o que vivi…
Suspira por ti minha alma dorida.

Clamando ausente por te voltar a ver,
Tormento real não te poder ter
Uma hora que fosse, mulher querida!

Ah! Como sofro aqui longe, ausente!
Sofre meu corpo, sofre minha mente
Desde o dia triste da tua saída.

NOTA:
Revisto em 20 de maio de 2016
JGRBranquinho   -  “Little White”



Sem comentários:

Enviar um comentário