domingo, 16 de maio de 2010

SÃO MÁGOAS/SAUDADE


São mágoas/saudade,
                    as que por ti sinto,
São  mágoas, são dor,
                   que apoquentam.
São ausências tuas
                    que em mim consinto
Sabendo, embora,
                    que atormentam.

São mágoas/saudade
                    dum imenso amor!
São lembranças doces
                    dum ser amado.
São anseios sentidos
                    que causam dor
Por um ente querido
                     jamais olvidado.

São  mágoas/saudade
                     que ferem, que matam!
Que a sério se sentem
                     por quem choramos.
São momentos tristes
                     que em nós se acatam
Por alguém que na vida
                     muito amamos.

                                                                    JGRBranquinho

Sem comentários:

Enviar um comentário