quarta-feira, 23 de junho de 2010

OUTRA LUZ, OUTRA COR



















Depois de uma eternidade sem te ver
Encontrei-te, neste dia, meu Amor.
É, agora, bem menor, a minha dor!
Tem já outro encanto o meu viver

É, agora, sem razão o meu sofrer
Ao ter perto o teu perfume, linda Flor!
Os dias, outra luz, outra cor...
Outro sentido a vida, outro prazer.

A Terra e o Céu, eu sinto como meus!
Sinto a presença do próprio Deus!...
Tudo é agora mais belo do que antes.

Deu-me o nosso encontro, esta certeza:
Contigo...há na Terra mais beleza!
Nada é a meus olhos como dantes.

(In Labirinto de Espelhos )

JGRBranquinho

Sem comentários:

Enviar um comentário