quinta-feira, 17 de junho de 2010

SENTIDO AMOR


O meigo olhar, que é todo poesia,
Adoro naquela imagem serena e linda!
A presença que logo inspira simpatia,
O porte altivo, a elegância infinda.

Sonhara, em cada dia, que existia...
Num sentir como não sentira, ainda!
E, desde que, real, a vi naquele día...
Um sentido amor que não mais finda.

Tudo, nela, é mais perfeita simetria!
Do cabelo ao pescoço, a beleza se alia
Num rosto-(o mais belo!)-minha sedução.

Olho essa imagem com a fé dum crente!
Suas formas lindas, penetram minha mente
E deixam, cativo, meu inquieto coração.

JGRBanquinho

Sem comentários:

Enviar um comentário